Malanje: 310 famílias da aldeia de Nhata consomem água imprópria

Residentes na aldeia de Nhata, comuna de Mufuma, consomem água imprópria vinda de charcos, cacimbas e lagoas.

11 Jun 2019 / 11:33 H.

O consumo tem trazido casos de diarreias agudas e febre tifóide a crianças e adultos.

A informação foi avançada segunda-feira, pelo soba daquela circunscrição, Pedro Gouveia Ferrão, citado pela Angop.

Enumerou ainda outros problemas com que a população se debate, com destaque para a falta de energia eléctrica, aumento de salas de aula e melhoria de via de acesso.

Em resposta, o administrador comunal de Mufuma, Augusto Ambriz, disse que consta das prioridades dinamizar os sectores da saúde, educação, energia e água para as melhorias das condições sociais da população.