Recuos provam que João Lourenço está a ter grandes dificuldades para governar - Raul Danda

A UNITA aponta dedo ao Presidente João Lourenço afirmando que, dois anos depois de ter tomado posse, ainda se está a “assentar”, o que é um perigo para estabilidade do país.

Angola /
13 Ago 2019 / 10:33 H.

A UNITA, o maior partido da oposição foi uma das vozes mais críticas contra a construção do bairro dos ministérios, na zona da Chicala, em Luanda.

Em entrevista à DW África, Raul Danda, vice-presidente daquela formação política, afirma que “foi bom da parte do governo desistir de fazer uma despesa que, neste momento, não se justifica.

“Não nos parece de facto oportuno fazer um Bairro dos Ministérios quando há outras prioridades no país, quando há pessoas a morrerem de fome, quando há falta de água e de luz, quando não temos condições de saúde condignas”, justificou o político.

No entanto, para Raul Danda, este recuo prova que “o Presidente João Lourenço está a ter grandes dificuldades para governar.

“Não está a ter sabedoria, não está a aconselhar-se bem, continua com pessoas que o estão a enganar e está a aceitar ser enganado. O que está a acontecer nós não sabemos, mas a verdade é que as coisas não andam bem”,diz Raul Danda.