UE reduz previsão de crescimento na zona euro para 2019 e 2020

A economia da zona do euro crescerá menos do que o esperado este ano e em 2020 - afirmou a Comissão Europeia na quinta-feira, alertando que um ressurgimento da tensão comercial global poderá dificultar ainda mais a expansão.

08 Nov 2019 / 13:47 H.

O Produto Interno Bruto (PIB) dos 19 países da zona do euro em seu conjunto crescerá 1,1% em 2019, e 1,2%, em 2020, segundo as atuais previsões da Comissão, uma redução de 0,1 e 0,2 ponto, respectivamente, em relação a julho.

“A economia europeia parece se encaminhar para um período prolongado de crescimento mais lento e de inflação muito baixa”, aponta Bruxelas em uma nota, garantindo que “o entorno é muito menos favorável, e a incerteza é alta”.

A Comissão Europeia reduz em 0,1 ponto sua previsão de inflação para 2019 e 2020, a 1,2%, após registrar 1,8% em 2018, afastando-se da meta perto de 2% fixada pelo Banco Central Europeu.