Jean-Claude Juncker não acredita que Donald Trump imponha mais taxas aos automóveis europeus

O presidente cessante da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, afirmou estar convencido de que o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não vai impor novas taxas aduaneiras aos automóveis europeus.

08 Nov 2019 / 10:57 H.

Numa entrevista ao diário alemão Süddeutsche Zeitung, publicada hoje, Jean-Claude Juncker afirmou que “Trump criticará um pouco, mas não haverá impostos alfandegários (suplementares) sobre automóveis”.

“Ele não fará isso”, assegurou.

Os Estados Unidos devem decidir até meados de novembro se aumentam ou não as tarifas de automóveis da União Europeia.

Em maio, Donald Trump adiou, por seis meses, até meados de novembro, a sua decisão sobre a aplicação de tarifas suplementares à importação de automóveis europeus.

Se adotadas, essas medidas afectariam principalmente fabricantes alemães como Volkswagen, BMW ou Daimler.

No dia 03 de novembro, o secretário de Comércio norte-americano, Wilbur Ross, sugeriu que os Estados Unidos talvez não precisem de impor novos impostos alfandegários à importação de automóveis.

“Esperamos que as negociações que mantivemos com empresas individuais sobre os seus projectos de investimento deem frutos suficientes para que não seja necessário implementar” novas taxas, disse.

“Tivemos conversas muito boas com os nossos amigos europeus, japoneses e coreanos, e esses são os principais setores da produção automotiva”, afirmou o Secretário de Comércio dos EUA..