Hong Kong. Apple volta atrás e aprova app que permite seguir protestos

Depois de rejeitar uma primeira entrada na sua App Store, a Apple aprovou uma app que permite aos cidadãos de Hong Kong indicarem num mapa as iniciativas de protesto e presença de forças policiais na cidade.

09 Out 2019 / 15:29 H.

A app, de nome HKMap Live, foi desenvolvida anonimamente e chegou a ser considerada como um incentivo à actividade ilegal pela Apple. Porém, esta decisão da tecnológica de Cupertino foi recebida com duras críticas pelo público, o que terá levado a uma reavaliação da HKMap Live.