Dois milhões de europeus já pediram para ficar no Reino Unido

As negociações do Brexit permanecem num impasse enquanto a data de saída do Reino Unido da União Europeia se aproxima a passos largos. Os últimos dados referentes ao mês de setembro indicam que mais de dois milhões de pessoas pediram para permanecer no Reino Unido após o Brexit.

09 Out 2019 / 16:02 H.

Os dados indicam que um em cada seis cidadãos europeus no Reino Unido entregou um pedido para se manter em território britânico. O Ministério do Interior britânico afirma que, até ao dia 30 de setembro, constavam na lista nomes de cidadãos da zona económica europeia, União Europeia e Suíça.

O maior número de pedidos foi proveniente da Polónia, com 345 mil assinaturas, seguido pela Roménia e por Itália.

O mesmo ministério indica que só no mês de setembro foram recebidos mais de 520 mil pedidos. Os responsáveis acreditam que a ameaça de um Brexit sem acordo tenha potenciado a corrida aos pedidos, embora os cidadãos europeus tenham até 31 de dezembro de 2020 para preencher os papéis para ficar em território britânico.

O secretário do Interior, Priti Patel, afirmou que “os cidadãos da União Europeia deram uma enorme contribuição a este país e vão desempenhar um papel fundamental na consolidação do status do Reino Unido como líder global após o Brexit”. “É por isso que estou emocionado por termos recebido dois milhões de pedidos no sistema, para que os cidadãos possam garantir o seu status de imigração sob a lei do Reino Unido”.