Bruxelas mais perto de aceitar nova extensão do Brexit até Janeiro

«União Europeia está a distribuir entre os Estados-membros a proposta que deverá ser discutida esta segunda-feira. Proposta estipula ainda que Bruxelas não irá renegociar o acordo de saída e que o Reino Unido tem a “obrigação” de nomear um candidato para a nova Comissão Europeia.´´

28 Out 2019 / 12:07 H.

A União Europeia está a preparar-se para aceitar um adiamento da data limite para o Brexit até 31 de Janeiro de 2020, com a opção do Reino Unido poder abandonar o projecto europeu mais cedo, caso seja alcançado um acordo, noticia o The Guardian.

“O período previsto no artigo 50 (3) TEU prorrogado por decisão do Conselho Europeu 2019/584 é prorrogado até 31 de Janeiro de 2020”, refere o documento preliminar a que o jornal britânico teve acesso este domingo.

Bruxelas está a distribuir aos Estados-membros a proposta que deverá ser discutida esta segunda-feira, com a União Europeia a tentar evitar a possibilidade de uma saída sem acordo a 31 de outubro, apesar da resistência até então mostrada pelo governo francês, já que este seria o segundo adiamento concedido ao prazo para o ‘divórcio’.

O documento estipula ainda que a União Europeia não irá renegociar o acordo de saída e que o Reino Unido tem a “obrigação” de nomear um candidato para a nova Comissão Europeia.