Presidente da companhia aérea Cathay Pacific renuncia ao cargo

O presidente da Cathay Pacific renunciou ao cargo, num momento frágil em que a transportadora aérea sediada em Hong Kong enfrenta pressões de Pequim e três semanas após a demissão do diretor-executivo.

China /
04 Set 2019 / 11:43 H.

Em comunicado enviado à bolsa de valores de Hong Kong, a empresa refere que John Slosar, de 63 anos, vai deixar o cargo para se reformar, sendo substituído a partir de 06 de novembro por Patrick Healy.

Healy, de 53 anos, assume o cargo de diretor-executivo até à saída de Slosar.

Em agosto, Pequim ameaçou a empresa com sanções devido a intervenções públicas de apoio dos seus funcionários aos protestos na antiga colónia britânica, que mergulhou há quase três meses numa grave crise política.

No mesmo mês, o então diretor-executivo da companhia aérea, Rupert Hogg, demitiu-se, face à pressão da China, depois de alguns dos trabalhadores da empresa terem participado nas manifestações.

Temas