Ministro da Construção pede “maior responsabilidade e transparência” dos conselhos fiscais

O ministro da Construção e Obras Públicas, Manuel Tavares de Almeida, exortou à “responsabilidade e maior transparência possível na gestão da coisa pública”.

Angola /
12 Ago 2019 / 14:34 H.

“Queria apenas desejar aos recém-empossados bom trabalho com responsabilidade para que a gestão da coisa pública nos órgãos que vão trabalhar seja feito a melhor transparência possível, em dar mais segurança aos gestores que são responsáveis por esses órgãos”, disse, após conferir posse aos conselhos fiscais dos cinco institutos do sector.

Manuel Tavares de Almeida empossou hoje, em Luanda, os membros dos conselhos fiscais do Laboratório de Engenharia de Angola (LEA), Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), Instituto Nacional de Obras Públicas (INOP), Instituto Regulador da Construção Civil e Obras Públicas (IRCCOP), Fundo Rodoviários Obras de Emergência (FROE).

Dizer que cada conselho fiscal dos referidos órgãos é constituído por três membros, nomeadamente um presidente e dois vogais.