Exportação de petróleo diminui 5,3 milhões de barris de petróleo no 3º trimestre

Angola exportou 116,4 milhões de barris de petróleo durante o terceiro trimestre de 2019, uma quebra de 5,3 milhões de barris comparativamente ao número contabilizado no segundo trimestre, ao preço médio de 62,8 dólares por barril, segundo um relatório apresentado terça-feira em Luanda.

Luanda /
30 Out 2019 / 10:52 H.

O relatório sobre o desempenho do sector no período de Julho a Setembro informa também que comparativamente ao período homólogo de 2018 a quebra na exportação foi de 15,3 milhões de barris.

A receita obtida com a exportação de petróleo no período em análise ascendeu a 7,3 mil milhões de dólares, tendo os principais destinos das ramas angolanas sido a China e a Índia, com quotas de 61% e 12%, respectivamente.

Dados divulgados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo indicam ter Angola produzido uma média de 1,394 milhões de barris por dia no terceiro trimestre de 2019, número que compara de forma negativa com uma média de 1,420 milhões de barris por dia no segundo trimestre e 1,443 milhões de barris por dia no primeiro trimestre.

O relatório mensal do mercado petrolífero relativo a Outubro de 2019 confirma, aliás, que a produção petrolífera de Angola tem estado em queda ao longo dos anos, tendo sido de 1,634 milhões de barris por dia em 2017, de 1,505 milhões de barris por dia em 2018 e devendo terminar 2019 com uma média de 1,4 milhões de barris por dia.