Expoindústria representa confiança do empresariado nacional

O governador da província de Luanda, Sérgio Luther Rescova, declarou hoje (quarta-feira) que o trabalho e dedicação das empresas nacionais na 4ª edição da Expoindustria é uma prova inequívoca de que os empresários angolanos acreditam no potencial económico do país.

Angola /
09 Out 2019 / 12:16 H.

Ao falar na cerimónia de abertura da feira, cujo corte da fita coube ao Presidente da República, João Lourenço, o governador sublinhou que a Indústria constitui um sector decisivo, por criar emprego e gerar renda para as famílias.

Na sua óptica, a exposição, que congrega mais de 300 expositores nacionais, constitui um estímulo para o fortalecimento da classe empresarial angolana.

O evento acolhe empresas dos sectores alimentar, bebidas, refinação de Petróleo, pneus, fertilizantes, celulose, vidro, aço, sabão, sal, enchidos, lacticínios, sumos, refrigerantes, água mineral, tintas e vernizes, papel, cartão plásticos e varões de aço, de material construção civil.

Conta também com o apoio dos ministérios da Economia e Planeamento, Recursos Minerais e Petróleos, Pescas e do Mar, Comércio e Turismo, bem como de associações empresariais.

Sob lema “Mais Indústria, mais emprego, mais Angola”, a Expoindústria 2019 promete superar as edições anteriores.

A Expoindústria tem sido a maior montra da indústria em Angola, tendo como objectivo a promoção das potencialidades económicas e industriais do país, na perspectiva de contribuir para a diversificação da economia nacional, substituir as importações, aumentar as exportações e reduzir o desemprego e a pobreza.

Para este ano, a projecção é de 15 mil visitantes, numa exposição a ser realizada numa área bruta de 28 mil metros quadrados.

Temas