ENI: Descoberto petróleo no Bloco 15/06

14 Mai 2019 / 10:22 H.

Depois de Kalimba, Afoxé e Agogo, a descoberta do Ndungu demonstra potencial de exploração contido nas sequências geológicas mais profundas do bloco.

A Eni fez uma nova descoberta de petróleo leve no Bloco 15/06, em águas profundas angolanas. O poço foi perfurado no prospecto de exploração Ndungu. Estima-se que esta nova descoberta contenha até 250 milhões de barris de petróleo leve, com potencial adicional.

O poço Ndungu-1 NFW está localizado a poucos quilómetros das instalações do Pólo Oeste da Eni, e foi perfurado pelo navio-sonda Poseidon a uma profundidade de 1076 metros, tendo alcançado uma profundidade total de 4050 metros. O Ndungu-1 NFW encontrou uma coluna única de petróleo de cerca de 65 metros com 45 metros de reservatório de petróleo de alta qualidade (35 º API) contido em arenitos de Oligoceno com excelentes propriedades petrofísicas.

O resultado da recolha intensiva de dados indica uma capacidade de produção superior a 10,000 barris de petróleo por dia.

O Ndungu é a primeira descoberta de petróleo significativa em Angola dentro da Área de Desenvolvimento existente. Ele certifica a validade concreta da legislação recente, promovida através do Decreto Legislativo Presidencial No. 5/18 de 18 de Maio de 2018, que define um quadro legislativo favorável para actividades de exploração adicionais dentro de Áreas de Desenvolvimento existentes.